Tua mente é teu guia e teu corpo teu templo! “Mens sana in corpore sano”

..

PNL – Use em casa, use na empresa, use no consultório!

.

PNL – Programação Neurolinguística
.
Programação Neurolinguística, ou simplesmente PNL, estuda como nosso cérebro e mente funcionam, como os pensamentos são criados e, como podemos reprogramar o conteúdo de nossos sentimentos, estados emocionais e comportamentos.
 .
É uma ciência que proporciona ao ser humano uma maneira efetiva de utilizar o cérebro para alcançar os resultados desejados. Ela faz o estudo de experiências internas, que desencadeia o autoconhecimento, e proporciona o desenvolvimento do potencial criativo.
 .

A PNL tem uma abordagem prática que dá resultados e é cada vez mais usada em várias disciplinas no mundo inteiro.

 .
“A Programação Neurolingüística é um processo educacional de como usar melhor o nosso cérebro.” (Richard Bandler)
 .
O que você pode obter com a PNL?
– Estudar melhor, lembrar e aprender mais rapidamente
– Usar a linguagem como um recurso para o sucesso
– Utilizar perguntas específicas para direcionar o pensamento das pessoas
– Relacionar-se melhor com os outros
– Influenciar as pessoas (vendas, entrevistas de emprego, relacionamentos etc)
– Saber ler a linguagem corporal e quando as pessoas estão mentindo
– Identificar e entrar no modelo de mundo dos outros
– Se planejar e alcançar resultados mais rapidamente em todas as áreas de sua vida
– Mudar hábitos e comportamentos indesejados:
 .
Com a Programação Neurolinguística você pode superar os bloqueios que limitam seu progresso profissional e sua felicidade pessoal, em qualquer área. E você, ainda, gera novos valores, capacidades e comportamentos.
 .
Você pode clarificar seus sonhos e conhecer as barreiras que impedem sua evolução.
 .
A Programação Neurolinguística também é utilizada para o estabelecimento de objetivos, na eliminação do estresse, depressão e fobias, em problemas de relacionamento, na ansiedade, na falta de auto confiança e auto-estima, nos problemas de obesidade, problemas de comportamento e de aprendizado.
 .
A PNL pode melhorar muito sua habilidade de comunicação.
.
.
Na área profissional, as estratégias da Programação Neurolingüística têm sido uma excelente ajuda para os Programas de Qualidade, ao serem aplicadas como técnicas de persuasão e de motivação, formação de equipes, tomada de decisões, conflitos de interesses, melhorias na comunicação interna, em compras e vendas, no treinamento e desenvolvimento de carreiras e em negociações.
 .
Devemos usar a PNL como uma ciência capaz de gerar transformações que permitam uma evolução real do ser humano, aliada à ética profissional, à responsabilidade, ao respeito, ao bom humor e, acima de tudo, à qualidade.
 .

A PNL pode ter um resultado ainda melhor se combinada com as técnicas da Hipnose.

 .
Cursos de PNL
Para ministrar cursos de PNL o professor precisa ter feito todos os cursos de formação:
1- Practitioner (Torna-se um praticante)
2- Master Practitoner (Torna-se um mestre nas técnicas)
3- Trainer em PNL (Torna-se apto a ensinar PNL)
Há excelentes cursos de PNL introdutórios que já ensinam técnicas e ferramentas para serem usadas no trabalho nas empresas, em casa ou nas áreas da saúde. Este é um dos melhores e pode ser feito em um final de semana..
Curso PNL1
Este é o curso de PNL oferecido pelo Estúdio da Mente.  temos também cursos de PNL especialmente focados para as áreas de Negociação e Vendas, Educação e outros. Consulte para prepararmos um curso na medida para a sua empresa.
Surgimento da PNL
 .
A Programação Neurolingüística (PNL) consiste num modelo que nos permite entender a estrutura da experiência subjetiva humana com a finalidade de definir, modificar ou reproduzir qualquer objetivo comportamental.
 .
Foi criada nos EUA na década de 70 por Richard Bandler e por John Grinder, que em 1975 publicaram o primeiro livro de PNL, A Estrutura da Magia, (publicado no Brasil pela Editora Guanabara-Koogan em 1977).
 .
Bandler estudou matemática, ciência da computação e psicologia. Grinder é lingüista e especialista em Gramática Transformacional. Juntos criaram a PNL a partir de um processo chamado modelagem.
 .
A modelagem baseia-se na observação criteriosa de um determinado comportamento ou habilidade com o objetivo de codificá-los e torná-los disponíveis a qualquer pessoa. Em outras palavras, Bandler e Grinder descobriram que nossa experiência é o resultado da forma como vemos, ouvimos e sentimos as coisas, o que freqüentemente é chamado de “pensamento”. Se aprendermos a pensar como outra pessoa, teremos adquirido as mesmas habilidades e obteremos os mesmos resultados que ela obtém.
 .
Bandler e Grinder modelaram grandes “magos” em terapia, cujos resultados eram considerados brilhantes. Foi assim que estudaram Fritz Perls, criador da terapia da Gestalt, Virginia Satir, terapeuta familiar, e Milton Erickson, psicanalista e hipnólogo, criador de formas originais de indução hipnótica.
 .
Neste sentido, nada do que a PNL diz ou faz é novo, pois muitas de suas técnicas já existiam antes de sua criação. Seu grande mérito foi o de ter estudado, codificado e ensinado o COMO , o processo das técnicas bem sucedidas em terapia, muito mais do que o PORQUÊ, demonstrando que se um comportamento é possível a uma pessoa, então ele é possível a qualquer pessoa. A PNL nos indica, portanto, como reproduzir a competência humana.
 .
Desde sua criação, a PNL vem estudando e codificando várias estratégias de pessoas que se destacam em suas áreas de atuação. São estratégias de auto-estima, de comunicação, de criatividade, de flexibilidade e muitas outras que vêm sendo aplicadas com sucesso em pessoas que desejam possuí-las.
 .
Atualmente a PNL vem sendo utilizada em praticamente todas as áreas da experiência humana: em terapia, na educação, nas artes, esportes, em organizações, vendas, no tratamento de doenças psicossomáticas, AIDS, câncer (havendo inclusive relatos de experiências bem sucedidas com estas doenças), no tratamento de compulsões (comer em excesso, fumar, etc.) e as pesquisas continuam.
 .
Às pessoas interessadas em aprender PNL eu recomendo principalmente que participem de cursos práticos, além de bons autores e também de informações disponíveis na Internet.
 .
(*) Nelly Beatriz M. P. Penteado é Psicóloga e Master Practitioner em Programação Neurolingüística
 .
Crescimento da PNL no Brasil
.
Em 1980, quando o ensino de Programação Neurolingüística (PNL) chegou ao Brasil, quase ninguém sabia o que significava a sigla PNL ou queriam dizer aquelas duas palavras. Pior ainda, muita gente, desconhecendo que a PNL era uma ciência e surpreendendo-se com os resultados prometidos por ela, acreditava ser uma espécie de mágica ou charlatanismo. Hoje, há no Brasil dezenas de instituições que oferecem cursos de Programação Neurolingüística e, todas concordam: é impossível saber quantos cursos são oferecidos mensal ou anualmente. Supõe-se, porém, que podem ser contados aos milhares.
 .
Já quanto à nuvem de misticismo que ocultava a PNL, ela foi totalmente dissipada, graças aos resultados obtidos por aqueles que fizeram os cursos. De celebridades a empresas multinacionais, de grandes empresários a pequenos vendedores, de mulheres de negócios a vestibulandos, todos os que passaram por um bom treinamento em Neurolinguística são unânimes em constatar melhorias na comunicação, nos relacionamentos pessoais, no desempenho profissional. Justamente por causa destes resultados, a PNL multiplicou-se no Brasil.
 .
A evolução da PNL
 .
1° Geração
 .
A 1ª Geração da PNL é o modelo original da PNL que foi desenvolvida nos anos 70 por Richard Bandler e Jonh Grinder, a partir do estudo e modelagem de terapeutas tão brilhantes e eficazes como Milton Erickon (hipnose), Gregory Bateson (Escola de Palo Alto), Virginia Satir (Terapia Sistémica) e Fritz Perls (Gestalt). Centrava-se fundamentalmente no indivíduo e tinha como pressuposto uma relação terapêutica um a um. A maioria das técnicas desta 1ª geração tiveram foco na solução de problemas nos níveis de comportamentos e capacidades.
 .
2ª Geração
 .
A 2ª geração da PNL começou a surgir em meados dos anos 1980. Neste momento, a PNL foi se expandindo para estudar outras questões para além do contexto terapêutico. Ainda centrada em indivíduos mas enfatizando muito mais as relações com os outros e com nós mesmos. A Modelagem e suas ferramentas começam a ser utilizadas em áreas de negociações, liderança, motivação, vendas, saúde e educação.
 .
As técnicas da PNL também se ampliaram e agora incluiam temas dos níveis mais elevados como crenças, valores e meta-programas. Suas ferramentas integram o uso de novas distinções tais como : a linha do tempo, subomodalidades e posições perceptivas
 .
3ª Geração
 .

A 3ª Geração da PNL está sendo desenvolvida desde os meados dos anos 90 e o seu principal criador e desenvolvedor é Robert Dilts (na foto abaixo). Suas aplicações são mais sistêmicas e centram-se em níveis mais altos de aprendizagem, interação e desenvolvimento. Suas técnicas abordam os níveis mais profundos: a identidade, a missão e a visão. Salienta a mudança do campo unificado do sistema e pode ser aplicada no desenvolvimento de organizações, culturas, equipes e indivíduos.

                                       Sergio Enrique e Robert Dilts – Criador da PNL da 3ª geração
Todas as três gerações da PNL estudam a estrutura e o funcionamento da mente (esta é a essência da Programação Neurolinguística). As duas primeiras gerações estudavam quase que exclusivamente a Mente Cognitiva. A 3ª geração ampliou o campo de estudo para incluir também a Mente Somática e o Campo Energético presente no sistema onde atuamos.
 .
1 -Mente Cognitiva – que emerge do cérebro
2- Mente Somática – centra-se no corpo
3 – Campo Energético – vem através da nossa conexão e do relacionamento com outros sistemas à nossa volta.
 .
As técnicas da 3ª geração são baseadas no Campo Energético (Field), incorporando os princípios de auto-organização, os arquétipos e uma perspectiva de todo o sistema – que é conhecida como “a quarta posição”.
 .
Robert Dilts tem sido um dos principais criadores da 3ª geração da PNL afirmando que a sabedoria necessária para mudança já está no sistema e pode ser descoberta e libertada pela criação de um contexto adequado.
 .
Na realidade cada nova geração da PNL transcende e inclui a anterior.
 .
Sugestão de livros de PNL por ordem de complexidade
 .
O investimento num curso de PNL é alto, proporcional aos benefícios que se pode obter. Enquanto não se chega lá, vamos aos livros:
 .
1) Introdução à Programação Neurolingüística – Joseph O’Connor & John Seymour – Editora Summus.
2) Programação Neurolinguística para Leigos – Romilla Ready, Kate Burton – Alta Books.
3) Neurolingüística – Prática para o dia-a-dia – Nelly Bidot & Bernard Morat – Nobel.
4) Manual de Programação Neurolinguística – Joseph O’connor.
5) Desperte o Gigante Interior – Anthony Robbins.
6) Poder sem Limites – Anthony Robbins.
 .
Até aqui são livros práticos. Caso queira se aprofundar, os teóricos que recomendo são:
.
7) Usando Sua Mente (As coisas que você não sabe que não sabe) – Richard Bandler.
8) A Estrutura da Magia (metamodelo) – Richard Bandler & John Grinder.
9) Resignificando – Richard Bandler & John Grinder.
10) Sapos em Príncipes – Richard Bandler & John Grinder.
11) A Essência da Mente – Steve e Connirae Andreas.
12) Tempo de Mudar – Richard Bandler.
.
Livros de PNL por autor
.
Richard Bandler e John Grinder
  1. A Estrutura da Magia  –  Um livro sobre Linguagem e Terapia (The Structure of Magic – A Book About Language and Therapy)
  2. Atravessando  –  Passagens em Psicoterapia (Trance-Formations)
  3. Engenharia da Persuasão (Persuasion Engineering – Bandler e John La Valle)
  4. Hora de Mudar (Time for a Change – apenas Bandler).
  5. Resignificando  –  A Programação Neurolíngüística e a Transformação do Significado (Reframing)
  6. Sapos em Príncipes (Frogs into Princes)
  7. Tenha Agora a Vida que Quer  –  Transforme a Sua Vida de Forma Rápida e Duradoura (Get the Life You Want: The Secrets to Quick and Lasting Life Change with Neuro-Linguistic Programming))
  8. Usando sua Mente  –  As coisas que você não sabe que não sabe (Using Your Brain-For a Change)
.
Começo citando os autores Bandler e Grinder porque eles foram os criadores da PNL e, portanto, são evidentemente uma referência para começarmos. Todos estes acima são muito interessantes e nos ajudam a ter uma excelente introdução na PNL.
.
Robert B. Dilts
  1. A estratégia da genialidade. Volume 1 (Aristóteles, Sherlock Holmes, Walt Disney e Mozart)
  2. A estratégia da genialidade. Volume 2 (Albert Einstein)
  3. A estratégia da genialidade. Volume 3 (Freud, Leonardo Da Vinci, Nikola Tesla)
  4. Enfrentando a audiência – Recursos de Programação Neurolinguistica para Apresentações
.
Michael Hall
  1. Liberte-se: Estratégias para a autorrealização (Unleashead: a guide to your ultimate self-actualization)
  2. Coaching de Grupo e Equipe  –  Meta-Coaching (Group and Team Coaching)
.
Milton Erikson
  1. O Homem de Fevereiro
  2. Seminários Didáticos de Milton Erickson
  3. Vivenciando Erickson
  4. Hipnose Médica e Odontológica  –  Aplicações Práticas
  5. O Homem de Fevereiro
.
Apesar de não ser propriamente uma autor da PNL e sim da hipnose (a hipnose de Erikson é a mais recomendada e reconhecida), decidimos listar aqui pelo fato de que Bandler e Grinder terem modelado as técnicas de Erikson para criarem a PNL.
.
Patterns of the Hypnotic Techniques of Milton H Erickson, de Bandler e Grinder é um outro livro que vale a pena (apenas em inglês).
 .
Anthony Robbins
  1. Desperte seu Gigante Interior  –  Como assumir o controle de tudo em sua vida
  2. Poder Sem Limites  –  O Caminho do Sucesso Pessoal pela Programação Neurolingüística
.
Anthony Robbins ou Tony Robbins é um dos maiores divulgadores da PNL e um autor best-seller no mundo todo. Estes dois livros citados acima são excelentes (me ajudaram, por exemplo, a passar no vestibular com técnicas de visualização).
 .
Lair Ribeiro
Para quem não conhece, Lair Ribeiro é brasileiro e um autor best-seller. Seus livros também são incríveis e a maioria deles traz técnicas e ferramentas da PNL. Recomendo:
  1. A Magia da Comunicação
  2. Ajude-se Fazendo sua Parte
  3. Auto-estima  –  Aprendendo a Gostar de Você
  4. Como Conviver com a Violência
  5. Como Passar no Vestibular  –  use a cabeça & vença o desafio
  6. Comunicação Global  –  A mágica da influência
  7. DECIDIR & Implementar  –  em um mundo complexo, veloz e incerto
  8. Emagreça Comendo  –  Ação sem Medicação
  9. Fumar ou Não Fumar – A Decisão é Sua
  10. Gerando Lucro
  11. Inteligência Aplicada
  12. Melhor do que Bom!
  13. O Sucesso Não Ocorre Por Acaso
  14. Pés no Chão, Cabeça nas Estrelas
  15. Prosperidade  –  Abundância ao seu alcance
  16. Uma venda não ocorre por acaso
  17. Viajando no Tempo  –  Recriando o seu passado & criando o seu futuro

.

Outra sugestão interessante é o “Manual Completo de PNL – Estratégias de grandes especialistas da Programação Neurolinguística para alcançar a excelência”, o qual foi lançado em 2012 e eu sou um dos coautores:

Para comprar este manual com preço mais baixo do que nas livrarias basta me enviar um e-mail: prof.sergioenrique@bol.com.br
.

Melhores livros de neurociências para começar a estudar

.

A Fórmula da Felicidade, de Stefan Klein

Como as recentes descobertas das neurociências podem ajudar você a produzir emoções positivas, harmonia e bem-estar. 
imagem.aspx
Klein realizou um trabalho pioneiro ao reunir esses valiosos conhecimentos que até agora estavam dispersos em documentos de difícil acesso e até inéditos. A parte desta leitura inteligente, bem-humorada e de fácil compreensão, temos a oportunidade de desvendar um mundo fascinante de informações sobre como o funcionamento do cérebro determina as nossas relações diante dos acontecimentos e dar um passo fundamental em direção à verdadeira felicidade.

.

Neurociências, Desvendando o Sistema Nervoso, de Autor: Mark F. Bear; Barry W. Connors; Michael A. Paradiso

fotoGrande_2422
Escrito especificamente para estudantes de graduação, Neurociências, 3ª edição, tem por objetivo estimular o pensamento crítico. Os livros-texto típicos de neurociências partem do pressuposto de que seus leitores já possuem amplo conhecimento prévio de biologia, química e física, enquanto os textos de fisiologia psicológica geralmente são mais superficiais quando cobrem a neurobiologia necessária para entendimento das funções do encéfalo. Neurociências: desvendando o sistema nervoso equilibra perfeitamente esses aspectos, com um estilo de redação claro e leve que facilita a compreensão e a fixação até mesmo dos mais difíceis princípios neurobiológicos.
 .

Princípios de Neurociências, de Eric Kandel; James Schwartz; Thomas M. Jessell; Steven Siegelbaum; A.J. Hudspeth

20140709105322_KANDEL_Principios_Neurociencias_5ed_M
Decifrar a relação entre o encéfalo e o comportamento humano sempre foi um dos maiores desafios da ciência. Escrito por importantes pesquisadores da área, incluindo Eric R. Kandel, vencedor do Prêmio Nobel em 2000, este clássico absoluto apresenta uma visão atualizada da disciplina de neurociências, refletindo a pesquisa mais recente que transformou o conhecimento na última década.

.

Cem Bilhões de Neurônios – Conceitos Fundamentais de Neurociência, de Roberto Lent 

5119ZCF-8CL._
Dentro das Ciências Biomédicas, o termo Neurociência é relativamente recente. O seu emprego atual, adotado neste livro, corresponde à necessidade de integrar as contribuições das diversas áreas da pesquisa científica e das ciências clínicas para a compreensão do funcionamento do sistema nervoso. Os atuais estudiosos do seu órgão máximo, o cérebro, por exemplo, sabem que para compreendê-lo há que derrubar as barreiras das disciplinas tradicionais, a neuroanatomia, a neurofisiologia, a neurologia, a psicologia, para mencionar apenas algumas das divisões que foram sendo criadas, em grande parte, para caracterizar os métodos de estudo.
Essa tendência fica muito evidente nas obras científicas recentes, que tratam das funções mais complexas desse órgão, como as emoções e a consciência, nas quais seus autores sentem a necessidade de apoiar os principais conceitos em evidências provenientes de diversas áreas. Com esse mesmo espírito, o Professor Roberto Lent adotou o conceito de Neurociência p ara este livro-texto, Cem Bilhões de Neurônios, dirigido ao aprendizado do sistema nervoso em nível de graduação. No conteúdo de seus capítulos, o leitor irá verificar a preocupação que o autor teve para com a aplicação do princípio da multidisciplinaridade do tema, entendendo-se como tal não a mera descrição de informações provenientes de diversas disciplinas, mas a cuidadosa tessitura de dados que se inter-relacionam para permitir que o conhecimento brote.

.

O Cérebro Que Se Transforma, de Norman Doidge

imagem.aspx
O cérebro se modifica. Ele é um órgão plástico, vivo e pode de fato transformar as suas próprias estruturas e funções, mesmo em idades avançadas. A neuroplasticidade promete derrubar a noção ultrapassada de que o cérebro adulto é rígido e imutável. Este livro apresenta casos que detalham o progresso surpreendente de pacientes, como uma mulher que nasceu com apenas metade do cérebro, mas que conseguiu se adaptar e levar uma vida normal; uma pessoa rotulada como doente mental, que curou suas deficiências e agora ajuda outros a fazerem o mesmo; cegos que voltaram a enxergar e dificuldades de aprendizagem curadas.

.

O Homem que Confundiu Sua Mulher com um Chapéu, de Oliver Sacks

imagem.aspx-2
O cientista e neurologista Oliver Sacks é também um excelente narrador, dono do raro poder de compartilhar com o leitor leigo certos mundos que de outro modo permaneceriam desconhecidos ou restritos aos especialistas. Em ‘O homem que confundiu sua mulher com um chapéu’ estamos diante de pacientes que, imersos num mundo de sonhos e deficiências cerebrais, preservam sua imaginação e constroem uma identidade moral própria. Aqui, relatos clínicos são intencionalmente transformados em artefatos literários, mostrando que somente a forma narrativa restitui à abstração da doença uma feição humana, desvelando novas realidades para a investigação científica e problematizando os limites entre o físico e o psíquico.

.

Fantasmas no cérebro, de V. S. Ramachadran

imagem.aspx-3
Em Fantasmas No Cérebro, são relatados casos ocorridos no consultório do neurologista e neurocientista indiano Vilayanur Ramachandran, diretor do Centro do Cérebro e da Cognição, na Universidade da Califórnia, em San Diego, onde ousa buscar no cérebro explicações para situações que seriam mais facilmente atribuídas a misticismo, excentricidade, ou simplesmente loucura.
A partir de casos como o de uma mulher parcialmente cega que vê personagens de desenhos animados sentarem no colo do médico à sua frente, de um atleta que perdeu o braço mas sente dores horríveis no “fantasma” da sua mão amputada ou de uma professora que insiste que o lado paralisado de seu corpo ainda se movimenta. Ramachandran utilizava diferentes terapias e métodos investigativos para cada paciente. De um detetor de mentiras e sofisticado equipamento de ressonância magnética até um cotonete, ou um espelho, as particularidades intrigantes de cada paciente vão surgindo no decorrer da investigação.
E acabam por permitir a Ramachandran uma visão – hipotética, mas não por isso menos interessante – de como o cérebro produz nossas sensações, sentimentos e, por que não, a consciência. Com prefácio de Oliver Sacks, autor do best seller Tempo de Despertar, Fantasmas No Cérebro foi escrito após insistentes pedidos de estudantes e colegas de Ramachandran.
Para a publicação da obra, recebeu ajuda da premiada jornalista científica Sandra Blakeslee, que ao longo dos últimos dez anos vem demonstrando sua competência e estilo, escrevendo sobre neurociências para o jornal The New York Times. Um livro surpreendente sobre os segredos da mente e sobre um cientista que ousou ultrapassar os limites da ciência e da razão. “Este é um livro esplêndido.” – Francis Crick, Prêmio Nobel de Fisiologia e Medicina “É um dos livros de neurologia mais originais e acessíveis da nossa geração.” – Oliver Sacks, M.D., autor de Tempo de despertar “Fascinante não só por sua clara e eloqüente descrição de fenômenos neurológicos (…) mas também pelo retrato de Ramachandran, o entusiasta na busca dos segredos da mente humana.” – The New York Times Book Review

.

O erro de Descartes – Antonio Damásio

imagem.aspx-4
Para pensar bem e tomar decisões corretas é preciso manter a cabeça fria e afastar todos os sentimentos e emoções, certo? Errado. Neste livro surpreendente e polêmico, António Damásio, que dirige um dos principais centros de estudos neurológicos dos Estados Unidos, mostra como, na verdade, a ausência de emoção e sentimento pode destruir a racionalidade. Utilizando-se das mais recentes descobertas da neurobiologia, Damásio desafia os dualismos tradicionais do pensamento ocidental — mente e corpo, razão e emoção, explicações biológicas e explicações culturais — para oferecer uma visão científica e integrada do ser humano e sugerir hipóteses inovadoras sobre o funcionamento do cérebro humano.

.

O cérebro de Buda, de Rick Hanson

imagem.aspx-2
Com explicações claras acerca da estrutura e do funcionamento do cérebro, os autores de ‘O Cérebro de Buda’ demonstram que é possível condicionar a mente para obter mais felicidade e sabedoria no dia a dia através de práticas meditativas simples e rápidas. Sempre fundamentado em estudos científicos, o livro mostra como modificar e treinar o fluxo de pensamentos para ativar respostas positivas, com calma e compaixão, em vez de reações negativas, cheias de raiva e angústia.
 .
 .

O prof. Sergio Enrique esteve na EcoTV falando sobre PNL – Programação Neurolinguística e Hipnose.

 .
Para assistir a entrevista clique na foto abaixo:

.

Se você deseja começar a estudar e utilizar a PNL no seu dia a dia uma ótima opção é fazer os meus cursos de PNL:

 

Divulgação PNL Liderança e Comunicação

 .
Veja fotos destes treinamentos no facebook. Clique no link abaixo:
 .
Divulgação PNL para Vendas e Negociação
 .
PNL 4x4
 .
Divulgação PNL saúde e Qualidade de Vida
.

Prof. Sergio Enrique – Minicurrículo

Sergio Enrique Faria é fundador e diretor do Estúdio da Mente, Mestre em Comunicação, Especialista em Marketing, Pós-graduado em Comércio Exterior, Pós-graduado em Metodologia e Didática do Ensino Superior e Bacharel em Administração de Empresas.

Líder de Aprendizagem certificado pela Harvard University (EUA), Trainer e Master Practitioner Internacional em PNL Programação Neurolinguística (homologado pela International Association of NLP-Institutes (Europa)), Hipnólogo (homologado pela International Hypnosis Association e pela American International Association), Parapsicólogo, Reikiano, Neuroeducador, Coach e Terapeuta.

Especialista em comportamento e comunicação. Estuda a linguagem verbal, não verbal, comunicação corporal, micro expressões faciais e detecção de mentiras.

Professor universitário em cursos de pós-graduação e MBA em grandes universidades, detém 15 anos de experiência no treinamento de jovens e executivos.

Coautor dos livros “Educação 2008 – As mais importantes tendências na visão dos mais importantes educadores” e “Manual completo de PNL – Estratégias de grandes especialistas da Programação Neurolinguística para alcançar a excelência”.

Possui várias participações em programas de TV e mais de cento e cinquenta artigos publicados em jornais e revistas. Palestrante Motivacional e treinador nas áreas de Comunicação, Comportamento, Empreendedorismo, Liderança, Atendimento,  Negociação e Vendas, Hipnose e PNL.

E-mail: sergio@estudiodamente.com.br